Aedes Aegypti pode infectar meu cão?

Em meio a epidemia de doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti, causados do Zika vírus, Dengue e Febre Chikungunya, cresce também a preocupação dos tutores de animais e fica a dúvida no ar. Será que nossos melhores amigos podem pegar Dengue ou Zika Vírus? A resposta é não. O Homem é o único hospedeiro vertebrado da dengue.


Mas existem outras doenças gravíssimas, como a Leishmaniose e a Dirofilariose, transmitidas por mosquitos (Aedes, Flebótomos, Culex...). São esses grandes vilões que podem matar nossos cães.


A Leishmaniose é uma doença que pode levar a um quadro bastante complicado e que envolve saúde pública e uma polêmica decisão de realizar ou não a eutanásia em animais infectados.


Já a Dirofilariose é transmitida pelos Aedes e também por alguns pernilongos, faz com que o parasita da doença entre no corpo do animal através da corrente sanguínea e siga até o seu coração, se alojando no local e se desenvolvendo, podendo atingir até vinte centímetros de comprimento.

Temos algumas maneiras que podem ajudar a previnir que seu cão não tenha nenhuma doença transmitida por esses mosquitos.

DICAS:

  • Utilize coleiras que repelem pulgas, carrapatos e mosquitos em seus cães;

  • Tenha vasinhos com citronela plantados em casa (esta planta funciona como repelente natural);

  • Mantenha telas nas portas e janelas;

  • Evite passear com seu pet no horário de maior atividade dos mosquitos;

  • Converse com o veterinário sobre a prevenção com vacinas contra Leishmaniose, principalmente em áreas de risco;

  • Se o seu pet morar em regiões litorâneas de grande risco para Dirofilariose é interessante conversar com o veterinário para iniciar um protocolo preventivo mensal.

Vamos fazer nossa parte e combater esse problema que afeta não somente nós como também nossos cães. Um mosquito não é mais forte que um país inteiro.




Posts Em Destaque