Porque meu cão urina quando eu chego em casa? O que fazer nesses casos?


Se seu cachorro urina quando você fala com ele ou quando você chega em casa, provavelmente ele deve estar experimentando um destes dois problemas: urinar por submissão ou por excitação.

Por mais desagradável que seja o que seu cachorro produzir quando vem ao seu encontro para recebê-lo, jamais fique bravo com ele, pois essa atitude agravaria qualquer uma das duas causas possíveis do comportamento dele.


Quando um cachorro urina por submissão, ele está se sentindo ameaçado pela sua presença e faz de tudo para dizer-lhe que você é o mais forte, e urinar é uma das maneiras que seu cão encontra para expressar isso. Nesse caso a postura é de submissão e, geralmente, o cão se deita antes de chegar até o dono.

Este problema geralmente ocorre com animais muito sensíveis ou que foram maltratados (foram surrados, gritaram com eles, etc.). É um sinal de que os donos estão sendo muito agressivos para o tipo de cachorro que possuem.


Por outro lado, urinar por excitação significa apenas que o cachorro fica muito excitado com a sua presença, principalmente depois de uma separação. Devemos tomar cuidado com este problema, pois, se não for resolvido, o cachorro pode continuar a urinar por excitação, mesmo depois de adulto.

Ambos os problemas são resolvidos da mesma maneira, devemos evitar excitar o cachorro nas despedidas e nas chegadas. A melhor maneira é ignorá-lo durante 10 minutos (finja que você não tem um cachorro), antes de sair e depois de chegar, até que o grau de excitação tenha diminuído. Em ambos os casos, as broncas só aumentam o conflito dos sentimentos de seu cachorro e, conseqüentemente, aumentam a ansiedade e a excitação.

Existem mais alguns truques para ajudar na solução do problema de urinar por submissão, como, por exemplo, não olhar diretamente para os olhos do seu cachorro; não caminhar na direção dele olhando para ele; procurar abaixar-se para fazer carinho nele; e evitar passar a mão na parte de cima da cabeça do animal, procurando sempre fazer carinho no peito ou na parte debaixo da cabeça, que é uma atitude menos ameaçadora para os cães.

Posts Em Destaque